Boicote ao Fulltone: Guitar Center e Reverb param de vender seus pedais

Boicote ao Fulltone: Guitar Center e Reverb param de vender seus pedais
Comparte este artículo en

Guitar Center e Reverb anunciaram um boicote à Fulltone, deixarão de vender e comercializar seus pedais de efeitos, após as polêmicas declarações de seu dono e fundador Mike Fuller em relação aos protestos anti-racistas “Black Life Matter” nos Estados Unidos.

Fulltone boicotado por lojas de instrumentos musicais

Após a demissão de John Cruz da Fender por um polêmico meme, o mestre construtor postou em sua conta pessoal no Facebook. Continuam as controvérsias e represálias contra atitudes críticas às marchas e protestos nos Estados Unidos contra a violência policial contra os negros.

Fulltone, a famosa empresa que fabrica pedais de efeitos de guitarra, foi criticada e boicotada recentemente. Isso aconteceu depois que o fundador e proprietário da empresa, Mike Fuller, fez comentários ofensivos nas redes sociais sobre saques ocorridos durante protestos em Minneapolis sobre a brutalidade policial e o assassinato de George Floyd. 

As críticas vêm de todos os lados, desde as lojas Guitar Center e Reverb, até artistas e até pelos próprios fãs da marca Fulltone.

Declarações de Fuller contra saques

“Como está essa noite 4 de saques com 100% de impunidade? O prefeito e o governador não dão a mínima para as pequenas empresas, e isso nunca esteve tão claro. Ele escreveu em uma postagem no Facebook que mais tarde foi removida em 2 de junho.

Posteriormente, ele acrescentou um comentário: “Ah, me sinto melhor e corei alguns meninos curiosos que foram criados para fazer xixi sentados. Agora vou removê-lo. 

Boicote dos próprios fãs Fulltone

Um grupo de fãs do Fulltone no Facebook repudiou as expressões de Fuller em um e-mail no qual ele respondeu a um usuário que expressou rejeição às suas expressões. A reclamação enviada pelo usuário da marca diretamente para o e-mail de vendas da Fulltone, acusava o designer e fundador da marca de considerar “vitrines de negócios mais importantes do que a brutalidade policial” e ameaçava parar de usar seus produtos. Fulltone pedais e deixando uma crítica negativa em resposta aos alegados comentários de Fuller.

No grupo de fãs, qual seria a resposta de Mike ao usuário foi publicada:

“Eu imploro que você venda seus pedais porque você realmente não os merece. Na verdade, você é tão racista que pensa que as pessoas boas que protestam são iguais aos gangsters do crime organizado que saqueiam ‘vitrines’.

Essas ‘vitrines’ são as vidas de pessoas boas e trabalhadoras e seus meios de subsistência. Se eu vir você com um pedal Fulltone, vou marcá-lo e arrombar sua casa e roubá-lo, porque é a minha forma de expressão livre para fazer isso, ok? “

O autor seria Mike Fuller

A captura de tela deste e-mail foi postada no grupo Fulltone Pedals no Facebook, gerando críticas significativas. O mais impressionante é que a forte condenação dos alegados comentários de Fuller veio do administrador de uma das maiores páginas de fãs do Fulltone no Facebook. O grupo tem mais de 14.000 seguidores, quase o dobro da página Fulltone oficial.

Boicote ao Fulltone: Guitar Center e Reverb param de vender seus pedais

Declaração do Reverb.com contra Mike Fuller

Reverb -Reverb.com-, o grande site de vendas de instrumentos musicais online, anunciou que suspenderá as vendas de novos produtos Fulltone a partir de 1º de julho. Em relação aos pedais usados ​​da marca, sua venda continuará e o produto de sua taxa ou comissão será doado a uma organização de justiça racial.

Comentários e comportamento recentes de Mike Fuller violam nossos valores de marca estabelecidos e os princípios de nossas Regras da comunidade para vendedores e compradores. Temos proibições contra qualquer tipo de discriminação racial, discurso de ódio e qualquer ameaça ou incentivo à violência.

Reverb.com

Declaração do Guitar Center contra Fulltone

Guitar Center é outra loja que também informou que parou de trabalhar com Fulltone. A empresa tweetou em 5 de junho que eles não estavam mais fazendo negócios com a Fulltone e estão agindo rapidamente para remover todos os produtos Fulltone de suas lojas e sites. 

Mike Fuller afirmou mais tarde que cortou relações com o Guitar Center em março, há mais de três meses.

Vejo algumas manchetes imprecisas de várias revistas online que precisam de esclarecimento:
Eu rescindi o contrato de distribuição -Acordo de distribuição- com Guitar Center e Musician’s Friend’s em 23 de março de 2020 às 12h39 e eles reconheceram na época.

Mike Fuller

Boicote de Fulltone por artistas

Mas a questão não se limita aos distribuidores ou lojas comerciais de rua e online de equipamentos musicais. Também alcança artistas como Jason Isbell, Mark Hoppus do Blink-182, a dupla de pop-rock Savoir Adore, Lelia Broussard de Jupiter Winter e Amy Ray das Indigo Girls. Esses músicos expressaram planos de boicotar Fulltone no futuro em suas contas de mídia social e promoveram a hashtag #boycottfulltone.

Além disso, Broussard propõe repintar os pedais. Ele propõe cobrir a marca com a frase emblema das marchas “A vida negra importa” como parte do Boicote da Fulltone:

“Algum artista gráfico por aí quer nos ajudar a repintar esses pedais com Black Lives Matter – ‘ Black Lives Matter ‘ – para que possamos doar os pedais em algum lugar sem fazer nada para promover essa marca de lixo?”

Lelia Broussard do inverno de Júpiter

Desculpas de Mike Fuller no Facebook

Fuller postou um pedido de desculpas que ele posteriormente excluiu no Facebook. Porém, em guitarriego.com temos o que foi dito e transcrevemos a seguir:

“Quero abordar algumas coisas que postei recentemente que aborreceram um grupo de pessoas. Há alguns dias, fiz um comentário sobre o prefeito e o governador serem covardes por permitirem saques.

“O resto desse sentimento que não foi compartilhado é ‘… eles estavam prendendo as pessoas boas que protestavam e permitindo que equipes profissionais saqueassem impunemente’. Adicionar isso não melhora o que foi dito, mas acredito que ninguém deve destruir a propriedade de outra pessoa… Não consigo entender.

«Termino agora dizendo que peço desculpa a quem a ofendeu. E eu acredito que qualquer pessoa que abuse ou prejudique outra pessoa deve ser processada em toda a extensão da lei. Isso inclui a polícia, e você não deve mais falar sobre esse assunto a menos que esteja fazendo algo positivo, o que não é o caso agora.

Mike Fuller

O que você acha do boicote? Você concorda com Guitar Center e Reverb? Deixe-nos um comentário abaixo.


Comparte este artículo en

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *